Menu

O Afoxé do Brasil, o Filhos de Gandhy, celebrou 65 anos de existência no último sábado (1º de fevereiro). O show, especialmente criado para a comemoração, trouxe ao palco do Museu du Ritmo os cantores Carlinhos Brown, Tonho Matéria, Magary Lord e Peu Meurray para homenagear o maior “Tapete Branco” da Bahia.

“Não existe um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho, disse Mahatma Gandhi. E é isso que estamos fazendo aqui: festejando!”. Assim Jr. Black e Pedro Silva, vocalistas da Banda Show Filhos de Gandhy, iniciaram os festejos para a celebração dos 65 anos do Afoxé. O show especial contou com direção artística de Elísio Lopes e musical do maestro Letieres Leite, que esteve no palco integrando a banda durante todo o evento. 

No palco, as músicas tradicionais fizeram o público e os bailarinos da Ala de Dança do Filhos de Gandhy acompanharem  o show por toda a noite como no cortejo, com passos curtos e ritmados, embalados por canções como “Patuscada de Gandhy”, “Mazuelo” e “Gandhy Saiu à Rua”.

Tonho Matéria foi o primeiro convidado, trazendo ao público uma homenagem à Gilberto Gil, um dos ilustres afiliados do Afoxé, com a música “Andar com Fé”, além de “Afoxé Séssé”.  Logo em seguida, Carlinhos Brown foi recebido como “Cacique Azul e Branco” pelo grupo, apresentando “Tata Gandhi”, sua homenagem ao bloco, “Muito Obrigado Axé” e “Ashansu”. Para encerrar, Magary Lord e Peu Meurray puxaram “Quixabeira”, além de uma música composta em homenagem ao aniversário do afoxé.

Além dos ensaios aos domingos na sede do afoxé no Pelourinho, o Filhos de Gandhy se apresentará no Cais Dourado no próximo dia 23 de fevereiro, às 15h.
 
Topo