Menu

“Hoje foi o dia em que senti mais dor. Ontem, ainda estava sob efeito da anestesia. Por isso peço a vocês que me ajudem. Vou começar aqui a vocês continuam cantando”. Assim Márcio Victor iniciou seu desfile na tarde desta segunda-feira de Carnaval no Circuito Osmar, à frente do bloco As Muquiranas. A energia do cantor, no entanto, não parecia abalada. Depois de ter entrado na avenida cantando "Contregum", ele fez o agradecimento à equipe médica que o atendeu ao sofrer uma crise de apêndice e ter que fazer um pequena cirurgia. E fez todo o mundo se emocionar quando entoou a canção "Firme e Forte", com os versos “Ê chuá chuá, ê chuá chuá/ Oh, meu Deus, dai-me força pra outra casa levantar”.

Vestido de baiana e na frente do trio, o líder do Psirico mostrou todo o carisma que tem quando parou de cantar e ouviu o bloco em coro chamar seu nome. Ainda teve tempo de chamar uma cadeirante que desfilava no bloco a subir ao trio e seguiu rumo à Avenida Sete de Setembro cantando o grande sucesso deste ano em sua voz, "Xenhenhém".

A tarde no campo Grande ainda teve Felipe Pezzoni puxando o bloco Eva. O cantor reclamou de uma rouquidão e pediu ajuda aos foliões para manter a animação em 100%. O grande momento da passagem do bloco pela passarela foi quando convidou Armandinho para uma homenagem ao 30 anos de Axé Music e depois trouxe os integrantes do grupo carioca Rádio Táxi, autores da canção-hino do bloco Eva. O Eva seguiu adiante ao som de "Zanzibar", sucesso de Armandinho dos tempos de A Cor do Som.

Vina Calmon e banda Cheiro de Amor chegaram logo após a passagem da Mudança do Garcia pelo Campo Grande. Bela e carismática, a cantora mostrou que veio para ficar à frente de um dos mais tradicionais blocos do Carnaval de Salvador. Ela cantou "Fricote", de Luz Caldas, e recebeu uma homenagem dos associados do bloco, que exibiam uma faixa com a expressão "Bem Vina". Mandou beijo para o prefeito ACM neto que assistia ao desfile do camarote da Prefeitura e declarou: “Você está arrasando. Carnaval top, nota dez”. Daí seguiu cantando "Vai Sacudir", antigo sucesso da banda Cheiro de Amor.

 
Topo