Menu

Gravado em Fortaleza, no último revéillon do Marina Park Hotel, o novo DVD de Bell Marques será lançado em 1º de julho (sexta-feira), em São Paulo, no Clube Audio. Na nova turnê, batizada de Fênix, assim como o DVD, Bell apresenta, pela primeira vez, todo o repertório do show que marca definitivamente a nova fase de sua carreira.

“Esse DVD foi cheio de simbologias pra mim. Foi um recomeço, sem dúvidas, por isso escolhi a virada do ano para gravá-lo. Poder recomeçar, mesmo após 30 anos de carreira, é muito emocionante, me dá um gás e uma energia muito boa. Não tinha como não batizar esse novo trabalho de Fênix”, explica o cantor, que apostou alto na gravação. O cenário contou, inclusive, com palco especialmente desenhado para ocasião, com boca de cena de 40 metros e um grande show pirotécnico.

No novo show, que contará também com grandes sucessos de sua carreira, inclusive clássicos do Chiclete com Banana, Bell Marques apresentará novos sucessos como Minha Deusa (Cabelo de Chapinha), entre as mais tocadas do Carnaval de Salvador em 2016, Desce Coladinho e Patinha na Areia, além de Amor Bacana, gravada com Wesley Safadão, no DVD, e Cê Quer Fazer Amor, que o artista gravou com os filhos, Rafa Marques e Pipo Marques, da banda Oito7Nove4. Inéditas como Quando A Saudade ApertarCor de CanelaO Teu Perfume Sou Eu e Assim Como Flor – composição em parceria com Rafa e Pipo – serão apresentadas ao público. O show, após o lançamento em São Paulo, percorrerá todo o Brasil e já tem data para ser apresentado no exterior.

TURNÊ NA EUROPA – Oito anos após sua última turnê pela Europa, na época ainda à frente do Chiclete com Banana, Bell Marques volta ao velho continente em novembro, para uma série de quatro apresentações, em três países: Suíça, Portugal e Inglaterra. A maratona será aberta em Zurique no dia 3 de novembro, antes do cantor apresentar a turnê Fênix em Portugal, nos dias 4 e 5 de novembro, nas cidades de Guimarães e Lisboa, respectivamente. No dia 6, o cantor se apresenta pela primeira vez em Londres e promete animar a comunidade brasileira e o público local, sempre receptivo com a cultura nacional.
 
Topo